27 / 10 / 2016 - 11h46
Casos de sífilis continuam aumentando em Picos

O Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) de Picos, que atende todos os municípios do Vale do Guaribas, registrou um amento no diagnóstico de casos de sífilis. O Centro realiza exames para o diagnóstico de quatro tipos de doenças, sendo elas HIV, sífilis e Hepatites B e C.

“Tivemos um aumento muito grande nos casos de sífilis em comparação ao ano passado onde notificamos 78 casos. Este ano, até o dia 11 de outubro, 77 casos já foram diagnosticados e a tendência é que o número aumente”, explicou a enfermeira Ozeany Vieira, coordenadora do CTA de Picos.

Em contrapartida o CTA vem registrado uma redução nos casos de HIV. Em 2015 foram diagnosticados 32 casos e até o momento foram diagnosticados 17 casos.

Os casos registrados são da macrorregião e atingem homens e mulheres, porém, dados do CTA apontam que as mulheres foram mais diagnosticadas, uma vez que realizam mais exames que os homens.

A doença

A sífilis é uma doença sexualmente transmissível causada pela bactéria Treponema pallidum, cujo sintoma mais comum é uma úlcera indolor na região genital. Se não tratada a tempo, pode espalhar-se pelo corpo e causar graves lesões de órgãos internos, como o coração e o cérebro.

A doença tem cura, se tratada corretamente com antibióticos apropriados, de preferência, com penicilina. “O tratamento vai variar muito, dependendo da titulação e do parecer médico”, explicou Ozeany.

(Picos40Graus)