16 / 11 / 2016 - 12h14
Começa hoje em Picos quarta edição do SaliVag
Depois de muita expectativa terá início nesta quarta-feira, 16, mais uma edição do Salão de Livros do Vale do Guaribas – SaliVag. O evento será aberto às 19 horas pelo prefeito reeleito de Picos, Padre José Walmir de Lima (PT). As atividades prosseguem até o próximo domingo, 20 de novembro.
 
O SaliVag será realizado no Estádio Municipal Helvídio Nunes de Barros e este ano homenageará a poetisa, professora e escritora picoense, Maria de Jesus de Souza Martins. Ocupante da cadeira número 10 da Academia de Letras de Região de Picos (Alerp), ela faleceu no dia 18 de novembro de 2012.
 
Segundo a organização, o SaliVag busca ressaltar a função da educação no âmbito do desenvolvimento cultural, intelectual e social. E também no atendimento às mudanças e melhorias no aprendizado que surgem evidenciadas pela socialização do conhecimento de grandes mestres.
 
Como evento de fomento à cultura e à educação, foi idealizado pelo atual prefeito de Picos, Padre Walmir, ainda quando era Secretário Municipal de Educação. O SaliVag conta com o apoio de parceiros que acreditam ser possível à transformação de todos através da leitura, garante a organização.
 
Homenageados
 
Na primeira edição em 2013, o SaliVag estreou homenageando o escritor Fontes Ibiapina; em 2014 o homenageado foi o professor Ozildo Albano, e em 2015, o Salão do Livro do Vale do Guaribas prestou sua homenagem ao professor José Bispo.
 
Em 2016, o quarto SaliVag presta, pela primeira vez, homenagem a uma mulher: Maria de Jesus de Souza Martins, poetisa, crítica literária e escritora picoense, imortalizada através da cadeira nº 10 da Academia de Letras da Região de Picos, cujo patrono é Mário Rodrigues de Sousa Martins.
 
Estrutura
 
O SaliVag abriga estandes para expositores de livros, sala de conferência, sala de imprensa, espaço de lazer para crianças, tendas de leitura, circo das letras, exposições e bate-papo literário.
 
Palestrantes
 
Dentre os palestrantes confirmados estão o jornalista Caco Barcellos, da Rede Globo de Televisão; Isabel Ferreira, escritora angolana e advogada; Diego Curvêlo, Jornalista, publicitário e humorista e Márcio Trigo, escritor, ator, diretor de cinema, TV e teatro.
 
(JPonline)