12 / 01 / 2018 - 16h35
Após falar em candidatura, Firmino reúne secretários e vice

O prefeito Firmino Filho realizou a primeira reunião do ano com o secretariado da administração municipal. O encontro ocorreu logo depois do tucano afirmar à imprensa que são grandes as chances de sair candidato a governador em outubro. Se for candidato, ele precisará se afastar do cargo. A reunião ocorreu na noite desta quinta-feira (11) longe da presença da imprensa.

O vice-prefeito Luiz Júnior (MDB) esteve presente na reunião. Apesar do rompimento entre Firmino e o MDB, acusado de traição pelo prefeito, o vice se diz leal ao prefeito. Mas aliados afirmam que ele seria um dos empecilhos para a saída do tucano para ser candidato.

Luiz Júnior é ligado ao presidente da Assembleia Legislativa do Estado, deputado Themístocles Filho. Sair para se lançar em uma candidatura contra Wellington Dias (PT), seria como deixar um adversário na prefeitura.

Para Luiz Júnior e os secretários, Firmino fez uma espécie de avaliação da gestão em 2017 e traçou as metas para este ano. Ele destacou as obras em andamento na capital. Neste setor, ele destaca a parceria com o senador Ciro Nogueira (PP). O progressista é considerado peça fundamental para qualquer decisão do tucano. Firmino só sairia candidato se tivesse o apoio de Ciro.

Na área administrativa, Firmino destacou a necessidade de redução das despesas. “Precisamos inovar e implementar novos arranjos para melhorar a qualidade dos serviços prestados à população e ao mesmo tempo reduzir nossas despesas”, enfatizou.

(política dinâmica)