12 / 04 / 2018 - 20h18
Colorado mantém Pinheiro, planeja cortes de jogadores e busca reforços para Série D

De olho em um bom desempenho na primeira participação na Série D do Campeonato Brasileiro, o 4 de Julho espera se reforçar o quanto antes para o torneio. Mesmo depois da eliminação traumática no Campeonato Piauiense para o Altos, com uma virada histórica na semifinal, a diretoria do Colorado resolveu manter o treinador Jorge Pinheiro. A permanência do técnico foi confirmada por representantes do clube de Piripiri, mas os dirigentes devem anunciar um pacote de reformulação do elenco. Laterais, meias e atacantes são os focos das contratações.

Contratado junto ao Flamengo-PI, Jorge Pinheiro tinha vínculo com o 4 de Julho até o fim do estadual, com possibilidade de renovação para a Série D, que começa dia 21 de abril.

- Vamos continuar com o nosso treinador. A gente crê que o Jorge é uma boa peça para que possa comandar essa equipe. O que iremos fazer é mexer em algumas peças no time. Nós, membros da diretoria, vamos nos reunir para discutir sobre o que podemos fazer. Temos em mente atender aos pedidos de alguns jogadores que receberam outras propostas de outros clubes, dispensarmos alguns e com isso devemos contratar outros atletas para substituirmos esses que vão sair – afirmou Valdenor Brito, diretor de marketing do Colorado.

Todo o delicado processo de contratação de novas peças será conduzido por meio de muita conversa. Valdenor Brito afirmou que manteve contato com alguns atletas, mas que vai esperar para definir algo somente após o fim do Piauiense. Até cinco jogadores da base do time que jogaram o estadual devem ser desligados.

- Ainda não temos um número exato de jogadores e as posições de quem vai sair. Estimamos de quatro a cinco jogadores. Mas vamos avaliar tudo isso na reunião, ver o que é necessário para que possamos nos mover. Temos em mente de nos reforçar em algumas áreas, como nas laterais, meio e ataque. Iniciamos as conversas com alguns atletas, mas só podemos continuar apenas após termos algo concreto – completou o dirigente.

Com estreia pelo Brasileiro marcada para o dia 22 de abril, o Colorado tem pouco tempo para fechar o time que vai iniciar o campeonato. O primeiro desafio é em casa, diante do Interporto, às 16h, na Arena Ytacoatiara, em Piripiri. No Grupo A4, além do time de Tocantins, o 4 de Julho enfrenta Cordino e Ferroviácio-CE.

(Globo Esporte)