14 / 04 / 2018 - 17h26
Com Edu garantido, River-PI faz coletivo antes de segunda partida da final

Agora é momento de decisão. Pensando nisso e criando todo o foco necessário para a situação, o River-PI realizou seu último treino antes do segundo jogo da final do Campeonato Piauiense. A atividade foi realizada no CT Afrânio Nunes e contou com a presença de 100% das peças do elenco tricolor. Eduardo, principal nome no ataque, apesar de ter sentido uma fisgada durante a atividade, não aparenta ser dúvida para o jogo de domingo, às 16h, contra o Altos, no Felipão, pelo jogo da volta da grande final.

Antes da bola rolar no campo do Poleiro do Galo, Wallace Lemos, treinador da equipe, falou em entrevista coletiva sobre as oportunidades que o Galo deve ficar atento para não cometer mais erros. Treinador afirmou que o time tem que se mostrar mais “decisivo“ quando for o momento certo. Eduardo também falou na sala de imprensa e destacou que existe a pressão sobre a sua liderança, mas que tenta administrar e passar os ensinamentos necessários para os outros atletas.

No início da atividade no CT, Wallace reuniu jogadores, membros da comissão técnica, dirigentes e outros componentes do time para uma conversa no meio do campo. Além disso, todos rezaram. Um leve aquecimento aconteceu em campo, antes do início do coletivo.

Com a atividade iniciada, Wallace ia parando e corrigindo falhas perceptíveis e dando alguns toques para os atletas quando necessários. Algumas jogadas aéreas foram treinadas, dos dois lados, servindo tanto para testes na defesa da equipe, como na parte ofensiva. Em certo momento da atividade, o técnico do Galo teve que fazer uma mudança no time. Eduardo sentiu a panturrilha esquerda e saiu da atividade. Fabiano entrou no seu lugar. A saída de Edu foi apenas por precaução e não deve preocupar para a montagem do time.

Contra o Altos, o Galo disputa o segundo jogo da final do estadual, no próximo domingo, às 16h, no estádio Felipão, em Altos. No primeiro confronto, os dois times empataram em 0 a 0, e para ser campeão o Tricolor precisa vencer a partida. Em caso de empate ou derrota, o título fica com o Jacaré.

(Globo Esporte)