26 / 06 / 2018 - 17h21
Novos casos de sífilis são registrados em Picos

O Centro de Testagem e Aconselhamento em Doenças Sexualmente Transmissíveis (CTA), registrou no primeiro semestre de 2018 um aumento nos casos de sífilis na região. Foram 35 casos novos da doença. De acordo com a coordenadora do CTA de Picos, Isabel Fontes, o órgão vem trabalhando com palestras e divulgações, sempre com o objetivo de conscientizar a população sobre a importância da prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) .

“Os casos aumentaram, no início a gente só tinha 8 casos de VHRL (Sífilis) até maio, agora em junho a gente já tem 35, então é um aumento bastante significativo. Isso se dá por conta da divulgação, estamos divulgando mais, fazendo mais palestras então está despertando nas pessoas o interesse para procurar os serviços”, disse.

A coordenadora conta que durante o primeiro semestre o órgão registrou 7 casos de HIV, sendo que 4 pacientes são do sexo masculino e 3 do sexo feminino. Já a sífilis, foram registrados 35 casos, 20 em pacientes do sexo masculino, 9 do sexo feminino e 6 em pacientes gestantes. Os dados são válidos para Picos e macrorregião.

Ela ainda orienta os jovens para que eles busquem mais informações sobre essas doenças.

“Eles procurem mais informações sobre essas infecções, pois elas causam muitas consequências, então eles devem estar se prevenindo, a gente bate muito é nessa questão da prevenção, uso preventivo nas relações sexuais”, pontuou.

Isabel ressalta que as pessoas podem estar procurando o CTA para realização de testes rápidos de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h. A avaliação é gratuita, qualquer pessoa pode fazer. É necessário levar o cartão do SUS e um documento de identificação para estar realizando o exame. O CTA disponibiliza diariamente preservativos para a população.

(Grande Picos)