12 / 10 / 2020 - 11h27
MPE emite parecer favorável contra Araujinho por propaganda eleitoral antecipada em Picos Leia mais

Comissão Provisória do Partido Progressista (PP) entrou com ação contra Francisco da Costa Araújo, o Araujinho, por campanha eleitoral antecipada. O parecer do Ministério Público Eleitoral (MPE) emitido no dia (10) foi favorável ao andamento do pedido de condenação do candidato a Prefeito de Picos pelo Partido dos Trabalhadores.

“Trata-se de representação ajuizada pelo PARTIDO PROGRESSISTA – PP DE PICOS em face de FRANCISCO ARAÚJO DA COSTA FILHO, “ARAUJINHO”, por propaganda eleitoral antecipada, sob o fundamento de que, no dia 12 de setembro de 2020, após convenção partidária, as pessoas de Yuri Araújo, filho do representado, Diógenes Medeiros e Bruno Araújo (sobrinho e advogado do pré-candidato), todos adesivados com bóton do Partido dos Trabalhadores (PT), saíram pelas ruas da cidade de Picos em uma HILUX de cor branca, com a música de campanha a toda altura: “Araujinho disparou, disparou, disparou, ele é querido, atencioso, e trouxe mais alegria para nosso povo, Araujinho disparou, disparou, disparou, Araujinho Disparou!”. Diz que tal fato pode ser comprovado através do vídeo em anexo, que foi publicado na rede social Instagram do ex-vereador Diógenes Medeiros, apoiador da candidatura do representado”, expõe a ação.

O documento explicita ainda, o pedido de voto do Governador do Piauí, Wellington Dias (PT) durante convenção partidária do Partido dos Trabalhadores em Picos. Esse pedido foi alvo ação contra o candidato sendo obrigado a excluir das suas redes sociais o vídeo do pedido explicito de voto.

Assim, o órgão emite parecer favorável a condenação do candidato por propaganda  eleitoral antecipada.

 



Fonte: Cidades em Foco.



Publicidade