21 / 07 / 2021 - 16h53
Primeira Dama de Picos, em parceria com empresários, entrega alimentos para famílias que não possuem renda

A pandemia que se abateu sobre a humanidade e que se estende desde 2020 até agora, causada pelo Corona vírus, agravou a situação já bastante crítica de famílias sem renda formal alguma, cujos provedores faziam bicos e trabalhos esporádicos para sobreviverem. Essa hoje é uma realidade mundial e preocupa organismos não governamentais e o próprio governo em todos os países. 

Muitas dessas famílias estão também em Picos e são compostas em sua grande maioria por filhos e suas mães, mulheres que assumiram, por várias circunstâncias, a responsabilidade de cuidar e alimentar seus dependentes sozinhas.         

Sensível a essa situação a Primeira-Dama, Diana Belo, criou o projeto “Juntos Fazendo o Bem”, para desenvolver ações sociais que possam levar auxílio para famílias sem renda e que enfrentam todos os desafios acentuados pelos riscos trazidos pela Covid-19.

“Sempre gostei de ajudar ao próximo, de fazer o bem e de levar uma palavra de apoio a quem mais precisa. Isso sempre foi do meu coração. A ideia nasceu da observação dessa situação mais grave para diversas famílias nesta pandemia. Sou mãe e me sensibilizo com o que está acontecendo, com pessoas sem trabalho e famílias inteiras sem saber de onde tirar o pão de cada dia” explicou Diana Belo.

O projeto, que, segundo Diana Belo, deve prosseguir com outras ações, teve como foco, em sua primeira atividade, a arrecadação de alimentos para serem distribuídos para quem esteja em situação de risco alimentar neste momento.

Através de mobilização organizada pela primeira-dama, foram doadas pelos empresários picoenses mais de 15 toneladas de alimentos, em forma de cestas básicas, que foram distribuídas segundo critérios rigorosos de seleção das famílias beneficiadas, conforme triagem prévia e distribuição de senhas pelos Agentes Comunitários de Saúde de cada bairro da zona urbana e localidades da zona rural, que conhecem todas as famílias e puderam apurar quais se enquadravam no critério de inexistência de renda exigido.

“O que faço questão de enfatizar é que esse projeto não tem qualquer vinculação política. Eu acionei diretamente os ACS para saber onde fazer as doações. É um desejo pessoal meu de ajudar a quem mais precisa, e, como primeira-dama e com o apoio do meu esposo, Gil, encontrei espaço para realizar esse trabalho. Meu coração é só gratidão para com todos os empresários que me receberam muito bem e fizeram suas doações” disse Diana.

Diana Belo fez questão de participar pessoalmente de todas as entregas para garantir a organização e os cuidados necessários nesse momento de pandemia. As doações foram entregues para famílias dos bairros Paroquial, Belo Norte, Condurú, Morro da Macambira, Cidade de Deus, Belo Sul (antiga vila Barrão), Morada Nova, Malhada dos Almondes e Lousinho Monteiro (que encerrou a zona urbana na sexta-feira, 16 de julho).

Já na Zona Rural foram entregues cestas de alimentos nas localidades: Malahada dos Almondes, Alegre, Taboleiro dos Pios, Morro Redondo, Queimada da Ema, Tanque, Oitis, Custaneira, Curralinho I e II e Bocolô.

A agenda de entregas de alimentos doados pelos empresários ao projeto da Primeira-Dama, Diana Belo, prossegue já que as doações pelos empresários continuam chegando.

Confira imagens (Fotos: Wagner Avelino):

 

 



Publicidade