27 / 06 / 2022 - 08h26
Dengue no Piauí segue em alta e já atinge 201 municípios; aumento de 734%

Os casos de dengue seguem aumentando no estado do Piauí e já atingem 201 municípios, com 9.570 casos confirmados, segundo dados do boletim da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), referente a 24° semana epidemiológica.

Em 2021, nesse mesmo período do ano, apenas 90 municípios tinham registrados casos da doença, então neste ano já está ocorrendo um aumento de 59,8% na quantidade de notificação. Até o momento, apenas 23 municípios ainda não registraram casos.

O aumento em todo o estado é de 734,8% em relação ao mesmo período do ano passado. O número de casos prováveis, ou seja, incluindo os casos confirmados, os inconclusivos e os não informados, pode chegar a 15.119 mil.

Neste mesmo período no ano passado, o número de casos de dengue com sinais de alarme foram 67 e o de casos graves 11, não tendo sido registrado óbito.

Neste ano a situação já é diferente, já são 201 casos de dengue com sinais de alarme, enquanto 48 graves e 10 óbitos, o que demonstra o avanço da doença neste ano.

Os municípios com o mais número de casos são: Teresina, Parnaíba, Jaicós, Oeiras e Simplício Mendes.

Agora os municípios com mais casos de dengue, levando em consideração apenas a sua incidência em relação ao número populacional, temos: Novo Santo Antônio, Wall Ferraz, Antônio Almeida, Patos do Piauí e Simplício Mendes. 

Cuidados

Atente-se aos vasos de plantas

Coloque areia até a borda dos pratinhos para evitar o acúmulo de água. Alternativamente, lave-os uma vez por semana com sabão e escova.

Livre-se de objetos que acumulam água

Dê o destino correto a latas, garrafas, potes, pneus e qualquer outro tipo de objeto que possa servir como criadouro, optando pela reciclagem sempre que possível.

Armazene garrafas da forma correta

Se você deseja guardar garrafas e outros objetos que podem acumular água, armazene-os tampados ou com a boca para baixo.

Evite a contaminação de calhas e caixas-d’água

As calhas devem ser mantidas desobstruídas e livres de folhas e galhos, enquanto a caixa-d’água deve estar sempre bem tampada.

Higienize recipientes que armazenam água

Tanques, barris e tonéis utilizados para guardar água da chuva, por exemplo, devem ficar tampados e ser higienizados semanalmente com escova e sabão. As piscinas devem ser tratadas com cloro.

Tenha cuidado com o lixo

Amarre bem as sacolas e deposite-as em lixeiras fora do alcance de animais. Não jogue lixo em terrenos baldios.

Utilize proteção individual

As medidas coletivas de proteção podem ser complementadas com cuidados como o uso de repelentes e inseticidas, a instalação de mosquiteiros e telas em portas e janelas e a preferência por roupas de mangas compridas.

 

Cidadeverde



Publicidade