27 / 06 / 2022 - 08h29
SESAPI reforça continuidade do uso da máscara na prevenção contra a Covid-19

Identificando, nos últimos dias, um aumento no número de novos casos da Covid-19 dentro do estado do Piauí, a Secretaria de Estado da Saúde reforça a importância da manutenção do uso da máscara no dia a dia da população. Os dados relativos a 24ª semana epidemiológica do ano, período correspondente entre os dias 12 e 18 de junho, apresentados pela Sesapi mostram que nos últimos 14 dias o Piauí teve um aumento de 731% nos novos casos da doença.

O secretário de Estado da Saúde, Néris Júnior, pontuou que o número de casos estar aumentando novamente no Estado é mais um reforço para a população continuar com o uso de máscara e das medidas de prevenção à Covid-19 que vêm sendo trabalhadas desde o início da pandemia.

“As medidas higiênicos sanitários como o uso da máscara e do álcool gel são algumas das ações que a população deve reforçar no seu cotidiano. De acordo com estudos, o uso da máscara é o principal meio de reduzir o risco de infecção pela covid-19. Precisamos, nesse momento, que os piauienses reforcem esse uso, e demonstrem o cuidado com a saúde pública que aprendemos durante a pandemia”, explica o secretário de estado da Saúde Néris Júnior.

Amélia Costa, coordenadora de epidemiologia da Sesapi e coordenadora do Centro de Informações estratégicas de vigilância em saúde (Cievs), destaca que a manutenção e reforço das medidas higiênicos sanitários aliados ao ciclo vacinal completo são as melhores armas para que o Piauí volte a apresentar uma redução de casos.

“Preocupada com este crescimento dos infectados, a Sesapi emitiu um comunicado oficial aos municípios, por meio do Centro de Informações Estratégicas de Vigilância em Saúde, solicitando o reforço na vigilância em saúde, notificação e vacinação da população. Mesmo com o aumento de casos, nós percebemos que eles não têm um nível de gravidade tão elevado, isso se dá pela vacinação. A vacina protege, mas ao mesmo tempo temos pessoas que não concluíram seu ciclo vacinal, aumentando assim o risco para eles e aqueles que são próximos”, disse a coordenadora.

Segundo os últimos dados dos painéis de vigilância da Fiocruz sobre as vacinas em atraso, o Piauí hoje possui 755.519 pessoas com sua dose de reforço em atraso. O secretário Néris Júnior destaca a necessidade das pessoas buscarem a vacina.

“A máscara e as medidas higiênicos sanitários, além de evitar aglomerações são medidas que nos ajudam a evitar o crescimento de casos, aliado a isso precisamos que a população procure a vacina para ter sua imunização feita. Os números mostram que fizemos um bom trabalho com a primeira e segunda dose, mas que em relação a dose de reforço precisamos ampliar essa procura. Por isso pedimos para que todos mantenham suas vacinas em dia e completem o ciclo vacinal, para trazer mais segurança a todos e dessa forma vencermos a pandemia mais rapidamente”, conclui o secretário.

 

Ccom



Publicidade