12 / 12 / 2018 - 18h15
Moradores de áreas de risco se recusam a deixar casas em Picos

Equipes do Corpo de Bombeiros ficarão de sobreaviso por conta das chuvas até esta quarta-feira em Picos, se o índice pluviométrico continuar em baixo nível, os efetivos sessarão com a operação de alerta e ficarão em plantões.

“A operação continua a contento, todos os órgãos estão unidos ainda trabalhando até quarta-feira (12) intensivamente. Estamos com caminhões do Corpo de Bombeiros, funcionários da prefeitura e bombeiros civis”, disse o comandante do Corpo de Bombeiros de Picos, tenente Hamilton Lemos.

O tenente Hamilton Lemos dá orientações para a população sobre os riscos que ainda são iminentes nesse período de fortes chuvas.

“Nessa época de chuvas não é bom estar transitando, crianças saindo de casa sem o acompanhamento dos pais e ligar no 193, é gratuito 24 horas, a população pode contar com o Corpo de Bombeiros”.

Segundo Hamilton Lemos, muitas famílias que residem em áreas de risco, ainda resistem a deixar suas casas.

“ A Defesa Civil, juntamente com o Corpo de Bombeiros, estão visitando as famílias, estão tentando conscientizar que ainda existe uma certa resistência por parte da população, o que é compreensível, porque diz respeito a seus imóveis, a seus móveis, aqueles bens que eles possuem. A gente, com muito respeito, tenta mostrar que a vida deles é mais importante e de preferência que se mudem para casa de parentes, para que eles tenham um melhor local para ficar, mas caso não, a prefeitura está disponibilizando locais onde essas pessoas serão obrigadas”, destacou.

A operação foi iniciada há cerca de uma semana por conta da chuva da última terça-feira (04) e conta com o apoio de bombeiros civis, algumas secretarias e coordenadorias municipais e ainda com o auxílio da polícia militar e voluntários.

“Nosso objetivo, de acordo com o índice de chuvas, é que até quarta-feira (13), nós vamos ter grandes tempestades e grandes quantidades de raios, mas Picos é um pouco instável, e o Corpo de Bombeiros, junto com a prefeitura está em alerta até quarta-feira (12) após isso, ficaremos só na prevenção”, finalizou.

(Grande Picos)